Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Errante

"Por mais soberana que a a minha mente se torne, o meu coração será para sempre vagabundo"

31
Mar12

...

anpatriciaa

 Quem és tu? Quem saberá responder? Só eu sei o que já fiz durante os anos em que cá estive, quem conheci, o que disse e não disse, em quem pensei. Se um dia partissemos em direcção ao desconhecido, lá onde ninguém nos tenha visto, quem seremos aos seus olhos? Verão a nossa capa, o aspecto exterior superficial que apresentamos, estudarão a nossa forma de andar, o timbre da nossa voz, as nossas palabras e silêncios, não terão a mínima ideia de quem fomos antes de lá chegar. Gosto deste pensamento. Há sempre a chance de um, melhor, de quase infinitos, novos começos. Aos olhos dos outros seremos sempre uma tela em branco, algo a descobrir, quer seja verdade, ou não... Às vezes gostava de ser nómada (atenção ao título do meu blogue- vagabunda), de não criar laços com ninguém, viver sozinha, mas permanentemente acompanhada, embora sempre com pessoas diferentes. Conhecer uns aqui, desaparecer sem notícia, e ser encontrada noutro local, por outras pessoas, com as quais restabeleceria as tais relações casuais que estabelecera com os anteriores. De qualquer forma, a maior parte das pessoas não presta, mais valia conhecer apenas a sua superficie, esquecer o aborrecimento da convivência de alguém já conhecido, a falta de mistério e sedução...

 Não acredito no que escrevi, gosto de saber que conheço pessoas, e fico emocionada quando me apercebo à quantos anos convivemos, sente-se que são parte de nós, para contar a nossa história teriamos que contar a deles. Gosto também do conforto, embora muitas vezes falso, de que essas mesmas pessoas estariam dispostas a por as mão no fogo para nos ajudar, em prol dos laços que partilhamos.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D